A HISTÓRIA DE SONHO DE MIGUEL FAÍSCA: DA PLAYSTATION PARA UM PROTÓTIPO DE LE MANS

O espírito e as emoções das míticas 24 Horas de Le Mans têm encontro marcado para o Circuito do Estoril, o palco da derradeira prova do calendário do European Le Mans Series. E a estreia de Miguel Faísca num protótipo de Le Mans, mas também numa prova em Portugal, é um dos grandes motivos de interesse do próximo fim-de-semana.

Mas quem é este português de 25 anos, hoje piloto oficial da Nissan em competições internacionais que, há um ano, apenas participava em corridas virtuais?

Em Setembro do ano passado saiu do anonimato, quando se sagrou campeão da Europa da GT Academy, frente a 765 mil adversários! Sim, o número é real… Miguel Faísca deixava assim o conforto do sofá e os comandos da PlayStation para uma carreira de piloto real a defender as cores oficiais da Nissan.

Em Janeiro deste ano estreou-se em competições internacionais… e que estreia! Miguel Faísca subiu ao lugar mais alto do pódio das 24 Horas do Dubai, tornando-se no primeiro português a conquistar essa proeza. O passo que se seguiu foi a participação em cinco provas do Blancpain Endurance Series, talvez o mais importante campeonato de GT do mundo. Apesar da inexperiência e de ter como adversários ex-pilotos de Fórmula 1, o piloto nacional ainda conquistou um lugar no pódio, em França.

Hoje, treze meses depois de personificar a história de sonho de milhares de jovens, Miguel Faísca chega ao Circuito do Estoril para uma dupla estreia: será a primeira vez que compete em Portugal e a primeira vez que se senta num protótipo de Le Mans. Mais um passo de uma carreira que o português só imaginou poder concretizar em sonhos.

Um pequeno resumo da história recente de um jovem nascido a 1 de Agosto de 1989, que até prefere a terra ao asfalto, o campo à cidade, a bicicleta em terreno aberto ao ginásio, a t-shirt à camisa e que ainda nem sequer se deixou enamorar. Um lisboeta rendido à Margem Sul, que proferiu a primeira palavra – tractor! – quando tinha dois anos de idade e que logo que aprendeu a ler preferiu as revistas de automóveis às bandas desenhadas.

 

Nasceste em Lisboa, mas vives no Montijo. Sentes-te mais ‘alfacinha’ ou da Margem Sul?

“Como só vivi em Lisboa até aos dois anos de idade, é natural que me sinta mais da Margem Sul, uma região por vezes algo menosprezada, mas que tem imensos encantos”.

 

Quais são os valores que mais prezas?

“A família, a amizade, a honestidade e a frontalidade”.

 

Qual é o teu destino de eleição?

“Não, não são as Maldivas ou uma qualquer ilha paradisíaca. Rio Torto é o meu destino de eleição. Uma aldeia do concelho de Gouveia, onde os meus avós residem”.

Qual é a tua comida favorita?

“Gosto muito da cozinha tradicional portuguesa, mas também me perco por uma boa picanha grelhada no ponto. Mas as corridas obrigam-me a muita contenção…”

És adepto de algum clube de futebol?

“Sim, gosto do Benfica e confesso que até gosto de futebol. Mas não me perguntem quem são os actuais jogadores do Benfica, pois este ano ainda não vi nenhum jogo”.

Música e filme favoritos?

“A banda Blink 182 e o filme ‘O Lobo de Wall Street’, sobretudo pela fantástica interpretação do Leonardo DiCaprio, que merecia o Óscar de melhor actor”.

Qual é o teu automóvel do dia-a-dia?

“Sou um sortudo: são vários! Ando em vários modelos da Nissan, desde o Juke, ao Qashqai, ao Note, ao 370Z, ao GT-R e, por vezes, até o LEAF”.

E qual a tua opinião em relação aos automóveis eléctricos?

“Gosto muito do conceito e aprecio bastante o Nissan LEAF. O futuro passa também por esta tecnologia, não tenho dúvidas”.

És piloto de corridas, mas também és conhecido pelos recordes de consumos…

“Para além de ser forreta, tudo começou por necessidade, pois o orçamento para ir para a faculdade era reduzido. Hoje, confesso que me dá gozo traçar objectivos de consumos”.

Tens interesse por política?

“Não tenho interesse, mas assumo-o sem orgulho. Não me revejo nos políticos do país e o mesmo acontece com muito dos meus amigos, o que é bastante preocupante…”

O curso de engenharia…

“Estudava no ISEL de Lisboa quando ganhei a GT Academy… Claro que, desde aí, nunca mais tive hipóteses de voltar à escola, mas não tenho ilusões: é o próximo objectivo!”

De que forma ocupas os tempos livres?

“Com a família e os amigos, mas também a andar de bicicleta e a praticar karting”.

Dedicas muito tempo às redes sociais?

“Não, apenas o tempo necessário para gerir as minhas páginas no Facebook, Twitter e Instagram. Nunca fui ‘viciado’, mas percebo a sua importância”.

O que pensas dos limites de velocidade e de como se conduz em Portugal?

“Acho ridículo o limite de 120 km/h em algumas auto-estradas. E em relação à forma como os portugueses conduzem, até acho que o fazem relativamente bem.”

Que idade tinhas quando conduziste pela primeira vez?

“Tinha 10 anos e conduzi no colo do meu pai”.

Houve influências familiares ou de amigos para a paixão pelos automóveis?

“Não! Desde muito novo que demonstrei grande paixão pelas quatro rodas. A primeira palavra que disse foi ‘tractor’. Eu adorava vê-lo na quinta dos meus avós”.

Qual foi o momento mais emocionante da carreira?

“A vitória na GT Academy. Um objectivo que considerava (quase) impossível de alcançar. Foi um momento de grande emoção e fundamental para estar onde estou”.

A PlayStation…

“Não estava onde estou se não fosse a PlayStation. Um autêntico ‘conto de fadas’. E a parceria da PlayStation com a Nissan tem provado que a consola é uma excelente escola de pilotos reais”.

Tens rituais antes de entrar no carro?

“Nem sei se calço primeiro a luva direita ou a esquerda… Só tenho uma ‘mania’: visto-me com muita antecedência antes de um teste, uma sessão de treinos ou uma corrida”.

Qual é a tua pista favorita?

“Ainda não corri em muitas pistas, mas das que conheço, Nürburgring. Se considerar também as da PlayStation, talvez a de Suzuka”.

Qual é o teu sonho de carreira?

“Um dia correr nas 24 Horas de Le Mans com um protótipo LMP1. Mas como também tenho uma enorme paixão por ralis, adorava um dia disputar o Mundial de Ralis”.

Qual é o teu automóvel de sonho?

“O Nissan GT-R. É incrivelmente difícil de descrever em palavras. É uma obra arte da engenharia automóvel e envergonha os Ferrari ou Porsche, mas por um terço do preço”.

Qual é o piloto que mais admiras?

“O Jean Ragnotti. É de outra geração, nunca tive o privilégio de o ver em acção, mas descobri-o no YouTube. É um piloto incrível, um enorme talento ao volante”.

###

Sobre a Nissan na Europa

A Nissan tem uma das presenças mais abrangentes na Europa entre todos os fabricantes de raiz não europeia, empregando mais de 14.500 pessoas distribuídas pelas operações de desenho, pesquisa e desenvolvimento, produção, logística, vendas e marketing. No ano passado, as instalações da Nissan no Reino Unido, Espanha e Rússia produziram 635 mil veículos incluindo automóveis compactos, crossovers premiados, SUV’s, veículos comerciais e o Nissan LEAF, o veículo eléctrico mais popular do mundo com um nível de satisfação de 97% e com um nível de recomendação de 95% de clientes que o aconselhariam aos seus amigos. A Nissan disponibiliza actualmente aos seus clientes na Europa 24 gamas de produtos diversos e inovadores e está posicionada para se tornar na marca asiática número um neste continente.

Sobre a Nissan em Portugal

Com 20 concessionários em todo o território nacional, a Nissan propõe uma linha completa de produtos, que inclui veículos de passageiros, crossovers, 4X4’s e pickup’s e automóveis de alta performance, para além de veículos comerciais ligeiros e pesados. Disponibiliza ainda um alargado conjunto de serviços de apoio aos seus Clientes, Parceiros e Concessionários.

A Nissan vendeu em Portugal durante o ano de 2013 um total de 4.458 veículos ligeiros de passageiros, a que corresponde uma quota de mercado de 4,2% e um crescimento de 13,8% em relação ao ano calendário anterior. Nesse período, a Nissan reafirmou a sua liderança no segmento Crossover em Portugal, com o Qashqai e o Juke e cimentou a posição do Nissan LEAF como veículo 100% eléctrico mais vendido de sempre em Portugal, com cerca de 36% de quota de mercado.

Para mais informações

António Pereira Joaquim                                                 www.newsroom.nissan-europe.com/pt

Director de Comunicação                                                http://www.facebook.com/NissanPortugal/

Nissan Iberia SA – Portugal                                             http://twitter.com/NissanPortugal

pereira-joaquim.antonio@nissan.pt                                  http://www.youtube.com/user/NissanPortugal

+351 962 062 633

Marco Barbosa – Atelier do Caractere

Assessor de imprensa – Miguel Faísca

marcobarbosa@atelierdocaractere.pt
+ 351 91 734 57 44