Campanha de Natal Riberalves: “Demolhar o bacalhau? De molho vou eu ficar ali na sala”

Riberalves lança nova campanha de Natal focada na qualidade, sabor e conveniência do bacalhau já demolhado, Pronto a Cozinhar. Até aqueles que podiam ser os mais céticos, como a famosa Dona Júlia, já se renderam às evidências: “Demolhar… vocês precisam é de um update!”

Eis que chega mais um Natal. A tradição no jantar de Consoada, claro, é o bacalhau. Mas será que o bacalhau está demolhado como manda a tradição? Pois bem, a resposta não se faz esperar:

– “Demolhado? De molho vou eu ficar ali na sala, que isto está pronto a cozinhar!”

Aí está a matriarca Dona Júlia, rendida à qualidade, sabor e conveniência do Bacalhau Riberalves, já demolhado, pronto a cozinhar. No final ainda reforça. “Demolhar… vocês precisam é de um update!”

É assim a nova campanha de Natal lançada pela Riberalves, com foco no melhor bacalhau de cura tradicional portuguesa, ao qual a marca líder nacional acrescenta a demolha, resolvendo esse pequeno-grande constrangimento no consumo do “fiel amigo”. Num momento histórico de transição do consumo, do bacalhau Salgado Seco para o bacalhau Pronto a Cozinhar, a Riberalves posiciona-se com a mais vasta gama de Bacalhau Pronto a Cozinhar disponível no mercado, indo ao encontro das novas necessidades das famílias, salvaguardando o melhor sabor.

A nova campanha de meios (vídeo) já está ativa e é uma é uma criatividade da Torke CC, com realização de Gonçalo Paixão e produção Zoe Films e Proud. A ação é centrada na família de António (Francisco Goulã) e Inês (Vânia Naia), onde Dona Júlia (Alexandra Marques), a sogra e mãe, é a personificação da experiência e da exigência com o melhor bacalhau.

SOBRE A RIBERALVES

A Riberalves é uma empresa familiar, 100% nacional, referência Mundial na transformação de bacalhau. Fundada em 1985, a Riberalves focou a atividade exclusivamente no sector do bacalhau a partir de 1990, com a inauguração de uma primeira fábrica, em Torres Vedras. A partir de 2003, graças ao investimento numa nova unidade industrial, na Moita, hoje a maior fábrica mundial de transformação de bacalhau, a Riberalves estendeu a capacidade produtiva em 60% e tornou-se referência no desenvolvimento de um novo produto, capaz de responder às novas tendências de consumo: o Bacalhau Pronto a Cozinhar. Com uma produção de 25 mil toneladas/ano, uma faturação a rondar os 150 milhões de euros, em 2018, e exportações que valem 25% das vendas, a Riberalves é referência num grupo que integra ainda as empresas AdegaMãe e Riberalves Imobiliária. Tudo começou no final dos anos 60 quando o fundador, João Alves, começou a ajudar o seu pai na venda de bacalhau pelas ruas da baixa de Lisboa…