DORY RESERVA 2011. ADEGAMÃE APRESENTA MAIS UM GRANDE TINTO NASCIDO NA REGIÃO DE LISBOA

–       O sucessor do vinho mais premiado da AdegaMãe acaba de ser lançado no mercado.

–       A casta Cabernet Sauvignon junta-se à Touriga Nacional e Syrah, resultando num Reserva elegante e com outra estrutura.

 

 

Torres Vedras, 21 de Julho de 2013

Na extraordinária vindima que abençoou a generalidade das adegas portuguesas, em 2011, nasceu igualmente na AdegaMãe a oportunidade de potenciar uvas de grande qualidade. Nesse ano, os melhores bagos de Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon chegaram à adega, depois de uma vindima manual, e evoluíram num estágio de 14 meses em barricas novas de carvalho francês e americano. E assim nasceu mais um grande tinto na Região de Lisboa: o Dory Reserva 2011.

O sucessor do mais premiado vinho da AdegaMãe – o Reserva Tinto 2010 – aponta igualmente a um patamar de excelência, com essa particularidade que lhe dá um novo perfil: a casta Cabernet Sauvignon é uma novidade no lote de Touriga Nacional e Syrah.

“O nosso compromisso nos vinhos Reserva é simples: utilizar as melhores uvas. No grande ano que foi 2011, o Cabernet Sauvignon destacou-se e para além de ter sido engarrafado como monocasta,  naturalmente que integrou o lote do Reserva. O resultado é um vinho com a elegância característica da nossa região, mas talvez com mais corpo, mais estrutura, mais nervo, característica trazida pelo Cabernet Sauvignon. Sabemos que tivemos muito sucesso com o Reserva 2010 e acreditamos que estamos no mesmo caminho com o seu sucessor”, explica o enólogo Diogo Lopes. 

O Dory Reserva Tinto 2011 é produzido em solos argilo-calcários, com as castas Touriga Nacional, Syrah e Cabernet Sauvignon, e tem um preço referência recomendado de 10 euros.

 

Notas de prova

Cor ruby profunda. Aroma muito complexo com notas de frutos pretos, ligeiro floral e bagas silvestres. Folha de tabaco e especiarias. Na boca é um vinho profundo com elegância e taninos firmes. Final longo e persistente.

 

Sobre a AdegaMãe

A AdegaMãe, inaugurada em 2011, resulta  do investimento do Grupo Riberalves numa nova área de negócio e surge como uma homenagem da família Alves à sua matriarca, Manuela Alves. O conceito de “Mãe” é a inspiração para um espaço de nascimento, de criação, no qual se pretende potenciar as melhores uvas e fazer nascer os melhores vinhos. Localizada no Concelho de Torres e vocacionada para a produção de vinhos com características muito próprias, graças à proximidade do mar e influência do Clima Atlântico, a AdegaMãe é, igualmente, uma referência para o enoturismo da Região de Lisboa, destacando-se pela arquitectura exclusiva e por todas as actividades desenvolvidas em torno da vinha e do vinho. Sendo uma empresa do Grupo Riberalves, a marca Dory (inspirada nos Dóris, embarcações antigamente utilizadas pelos portugueses na pesca do bacalhau)  representa a principal gama de vinhos comercializados. A exportação assume 60 por cento do volume de vendas.