DORY RESERVA BRANCO RECEBE MEDALHA DE OURO NO CONCURSO LES CITADELLES DU VIN

Torres Vedras, 15 de Julho de 2014

O Dory Reserva 2012, branco topo-de-gama da AdegaMãe, foi premiado com a Medalha de Ouro no prestigiado concurso Les Citadelles du Vin 2014, que decorreu em Bordeús, França. Já com distinções alcançadas no Challenge Internactional du Vin (Bronze) e no Mundus Vini (Prata), este branco fermentado em barricas de carvalho francês surge agora no mercado com a imagem e o estatuto que comprovam a sua mais alta distinção.

Ideal para acompanhar um queijo de pasta mole, ou um peixe gordo assado no forno, o Dory Reserva Branco 2012 é um vinho complexo, muito especial, que também pode ser guardado e evoluir para um excelente desempenho em garrafa. Produzido com as castas Chardonnay, Viosinho e Viognier, em solos argilo-calcários, este vinho tem um preço referência de 10 euros, cumprindo o objectivo estratégico da AdegaMãe – fazer vinhos originais e de grande qualidade, mas acessíveis para os consumidores.

“O nosso objectivo foi fazer um vinho que se destacasse pela complexidade, mas ao mesmo tempo um vinho muito fino”, explica Diogo Lopes, enólogo da AdegaMãe, prosseguindo: “Utilizámos apenas barricas de 400 litros de carvalho francês, da região da Borgonha, com uma tosta ligeira, uma madeira que preserva mais o carácter da fruta. Depois, tentámos harmonizar isso com o Terroir. Temos um toque vegetal e bastante mineralidade, um vinho untuoso na boca, balanceado com a acidez só possível graças ao facto de estarmos muito perto do Oceano Atlântico”.

Dory Reserva Branco 2012 // Notas de prova

Aroma muito delicado, com ligeiras notas florais, um toque vegetal e bastante mineralidade. Barrica muito bem integrada no conjunto. Untuoso na boca, é um vinho cheio, balanceado com uma excelente acidez. A tosta da barrica reaparece na boca, complexando o conjunto. Termina longo.

 

Sobre a AdegaMãe

A AdegaMãe, inaugurada em 2011, resulta do investimento do Grupo Riberalves numa nova área de negócio e surge como uma homenagem da família Alves à sua matriarca, Manuela Alves. O conceito de “Mãe” é a inspiração para um espaço de nascimento, de criação, no qual se pretende potenciar as melhores uvas e fazer nascer os melhores vinhos. Localizada no Concelho de Torres e vocacionada para a produção de vinhos com características muito próprias, graças à proximidade do mar e influência do Clima Atlântico, a AdegaMãe é, igualmente, uma referência para o enoturismo da Região de Lisboa, destacando-se pela arquitectura exclusiva e por todas as actividades desenvolvidas em torno da vinha e do vinho. Sendo uma empresa do Grupo Riberalves, a marca Dory (inspirada nos Dóris, embarcações antigamente utilizadas pelos portugueses na pesca do bacalhau) representa a principal gama de vinhos comercializados. A exportação assume 60 por cento do volume de vendas.