Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal” adiado para 2021

Data: 21/07/2020

A Comissão Organizadora do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal” decidiu adiar a sétima edição do evento para o ano de 2021, nas Caldas da Rainha, em data a agendar oportunamente.
 
A sétima edição do Fórum, organizado pela Turismo Centro de Portugal e pela Câmara Municipal das Caldas da Rainha, iria realizar-se entre os dias entre 28 de setembro e 1 de outubro, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.
 
O adiamento da iniciativa prende-se com o atual contexto da pandemia de COVID-19, que implicaria um necessário conjunto de medidas de proteção sanitária, com reflexos negativos no espírito de networking, um dos principais ativos deste evento. A inibição de deslocação de muitos convidados internacionais e a redução do número de participantes seriam também consequências inevitáveis, que afetariam a dinâmica do evento. Também as temáticas dos diferentes painéis teriam de ser revistas e adaptadas à nova realidade que vivemos, em particular no setor turístico.
 
Perante estes fatores de peso e com fortes implicações no evento, a organização considera que não estão reunidas as condições para a realização do “Vê Portugal” em 2020 dentro dos parâmetros desejáveis.
 
O ano de 2020 será, assim, o primeiro em que não se realiza o Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”. A iniciativa teve início em 2014, em Viseu, seguindo-se edições em Aveiro, Coimbra, Leiria, Guarda e Castelo Branco, sempre com sucesso crescente.

Sobre o Turismo Centro de Portugal:

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.