Fotógrafo português premiado em Hollywood vai conversar com o público na FNAC

  • Paulo Ferreira já triunfou por duas vezes nos Óscares dos documentários independentes.
  • Vai falar sobre “Fotografia e Timelapse”.

 

Paulo Ferreira, formador do IPF – Instituto Português de Fotografia multipremiado internacionalmente, é o protagonista de uma conversa sobre “Fotografia e Timelapse”, que acontecerá no próximo sábado (dia 7 de abril), às 15h30, na FNAC do Chiado.

A conversa, que promete ser enriquecedora e muito participada, partiu de um desafio colocado pelo IPF à FNAC, que foi de imediato aceite. Paulo Ferreira vai falar do seu trabalho ao público em geral, mostrando todos os pormenores da sua técnica criativa.

Nascido no Porto, em 1970, Paulo Ferreira é formador de técnica de timelapse no IPF, colaborando ativamente com empresas de publicidade, audiovisual e multimédia. Recentemente criou a PTLAPSE.PT, que colabora com empresas de dimensão internacional.

A carreira de Paulo Ferreira tem colecionado prestigiados prémios nos campos da fotografia e do vídeo.

A nível internacional, conquistou já importantes prémios nos Estados Unidos, nos “Hollywood International Independent Documentary Awards”, em Los Angeles, considerados os Óscares dos documentários independentes. Aqui, recebeu o prémio de melhor fotógrafo de timelapse e melhor documentário de timelapse com o trabalho “Nordlys”, em 2016, sobre as auroras boreais. Foi distinguido pela segunda vez este ano no mesmo festival, vencendo o galardão de melhor documentário curto com o documentário “Patagónia – The Tip Of The World”. No seguimento deste filme, escreveu e editou um livro que narra a sua viagem por terras do Chile e da Argentina.

Em Espanha, foi também galardoado no Festival “Timelapse Showfest”, de Madrid, e no Festival de Cinema Finisterra, com um vídeo sobre o Parque Nacional Picos de Europa.

Em Portugal, foi premiado no concurso de fotografia “Dos Rios aos Oceanos: Percursos entre Muitas Histórias”, da Associação Portuguesa de Educação Ambiental-ASPEA, e no Concurso de Astrofotografia do Observatório do Parque Biológico de Gaia.

 

Sobre o Instituto Português de Fotografia

Com 50 anos de experiência na formação em fotografia, o Instituto Português de Fotografia (IPF) é a mais antiga e prestigiada instituição dedicada à área em Portugal. Neste meio século de ensino de excelência, dedicou-se ainda à promoção dos seus formandos. O IPF é a solução para quem aspira ser profissional da fotografia ou o recurso para os muitos amantes da fotografia que desejam evoluir ou simplesmente potenciar o equipamento de que dispõem, seja uma câmara fotográfica ou um smartphone. Dispõe de uma ampla oferta formativa, inclusivamente para os mais novos – há formações orientadas para crianças a partir dos seis anos de idade.

Com sede em Lisboa e instalações na cidade do Porto, o IPF é reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) como Organismo de Normalização Sectorial para a Fotografia em Portugal e como instituição de formação tem o reconhecimento da DGERT (Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho), sendo ainda membro permanente na ISO, representando Portugal no seu comité de fotografia. Ao longo do seu percurso, organizou inúmeras ações de formação por todo o país, não excluindo a ilhas. As formações IPF estão abertas a pessoas de todas as nacionalidades, tendo recebido já formandos da China, Japão, Rússia, Finlândia, Noruega, Itália, Inglaterra, Holanda, França, Suíça, Espanha, Angola, Moçambique, Colômbia, México, Brasil, Canadá e EUA.

 

 

Deixe uma resposta