GAMA DE VINHOS ADEGAMÃE SOMA 21 PRÉMIOS

–         Adega de Torres Vedras entra em 2014 com mais três distinções.

–         Dory Tinto 2011 e varietais Chardonnay 2012 e Viosinho 2012 premiados no International Wine Challenge.

–          “Temos sido distinguidos em toda a nossa gama de vinhos e isso deixa-nos bastante orgulhosos do trabalho realizado. Dois anos depois da inauguração, estes prémios são um alento, mas também uma responsabilidade”, explica o director geral, Bernardo Alves.

 

Torres Vedras, 7 de Janeiro de 2014

 

O ano de 2013 foi fértil na AdegaMãe. A adega de Torres Vedras colocou no mercado oito novos vinhos – os primeiros monocastas e os primeiros reservas – que reforçaram uma gama já marcada pelas colheitas Dory e Pinta Negra. Mas 2013 não foi apenas tempo de novas referências, foi igualmente um ano de reconhecimento do valor do projecto, pelos consumidores e pelos especialistas: agora, a AdegaMãe entra em 2014 com um total de 21 prémios conquistados, os quais são encarados numa dupla dimensão, com “alento e responsabilidade”.

As distinções mais recentes chegam de Londres, do prestigiado International Wine Challenge, e destacam a qualidade do Dory Tinto 2011 (medalha de Bronze), do varietal Chardonnay 2012 (medalha de Bronze) e do varietal Viosinho 2012 (Commended). O primeiro, um “blend” Aragonez, Syrah e Caladoc, nasceu num ano abençoado pelo clima. A qualidade das uvas que chegaram à adega, juntamente com um estágio parcial em barricas de carvalho francês, resultou num vinho intenso e complexo, com a acidez e frescura características do Oeste. O Chardonnay 2012 e o Viosinho 2012, que já tinham sido distinguidos no AWC Wiena, exibiram mais uma vez a sua influência atlântica, muito apreciada desde o momento do lançamento, no último Verão.

“Entre tintos e brancos, temos sido distinguidos em toda a nossa gama de vinhos e isso deixa-nos bastante orgulhos do trabalho realizado. Dois anos depois da inauguração da AdegaMãe, estes prémios são muito importantes para nós, são um alento, mas também uma responsabilidade: vamos manter o rumo, queremos continuar a fazer vinhos bons, vinhos diferenciadores que sejam apreciados pela crítica, mas também pelos nossos consumidores”, afirma Bernardo Alves, director geral da AdegaMãe.

Dos 21 prémios conquistados pela AdegaMãe, seis são responsabilidade do Dory Reserva 2010 (Touriga Nacional e Syrah), o tinto topo de gama lançado em Março. Pouco mais de dois anos depois da inauguração da adega (Novembro de 2011), veja a lista de vinhos premiados na AdegaMãe:

VINHOS TINTOS

 

Dory Reserva 2010 (tinto)

– Medalha de Bronze no International Wine Challenge 2013

– Medalha de Bronze no Decanter

– Medalha de Prata no Mundus Vini

– Medalha de Ouro no Bacchus

– Medalha de Prata no AWC Vienna

– Escolha da Imprensa Portuguesa, no Encontro com o Vinho e Sabores

 

Dory 2010 (tinto)

– Medalha de Prata no Wine Masters Challenge

– Prémio Uva D’Ouro

 

Pinta Negra 2010 (tinto)

– Medalha de Ouro no China Wine & Spirits Awards

– Medalha de Prata no Wine Masters Challenge

 

Dory 2011 (tinto)

– Approval no AWC Vienna


– Medalha de Bronze no International Wine Challenge 2014


 

Pinta Negra 2011 (tinto)

– Medalha de Ouro no AWC Vienna

 

VINHOS BRANCOS

 

Dory Reserva 2012 (branco)

– Medalha de Prata no Mundus Vini

 

Dory 2011 (branco)

– Medalha de Bronze no Challenge du Vin

 

 

Alvarinho 2012 (branco)

– Medalha de Prata no AWC Vienna

 

Viosinho 2012 (branco)

– Medalha de Prata no AWC Vienna


– Commended no International Wine Challenge 2014


 

Chardonnay 2012 (branco)

– Approval no AWC Vienna

– Medalha de Bronze no International Wine Challenge 2014


 

Viognier 2012 (branco)

Approval no AWC Vienna

 

 

 

Deixe uma resposta