IEFP e Turismo Centro de Portugal lançam curso formativo de Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo

• Curso decorre em várias localidades da Região Centro e tem a duração total de 600 horas.

Data: 18/02/2020

O IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional e o TCP – Turismo Centro de Portugal apresentaram hoje, numa conferência de imprensa, em Aveiro, um novo percurso formativo em Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo (Centro de Portugal).

Este percurso formativo do IEFP decorrerá em várias localidades da Região Centro e resulta do trabalho de colaboração entre as duas instituições, na sequência da celebração de um Protocolo de Colaboração, em março de 2018.

A conferência de imprensa teve lugar no Centro de Formação de Aveiro do IEFP e contou com as presenças de António Alberto Costa, delegado regional do IEFP, e Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Na ocasião, António Alberto Costa realçou a importância do protocolo. “Numa altura em que o Turismo se constitui como uma das principais atividades económicas do país, assumem importância acrescida a qualificação e competências de quem trabalha nesta atividade. Com este curso, pretende-se tornar a atividade turística cada vez mais aliciante para os jovens licenciados, ou com o 12.º ano”, sublinhou. “No IEFP, queremos continuar a criar novas oportunidades, antecipando novas profissões e novos negócios, e apostar na aprendizagem ao longo da vida, possibilitando múltiplos trajetos para os profissionais”, acrescentou.

Pedro Machado destacou os números recentes do INE, que comprovam que em 2019 se ultrapassou, pela primeira vez, a barreira de 7 milhões de dormidas no Centro de Portugal. “Este processo de crescimento consolidado da região coloca novos desafios. O aumento da procura traz novos viajantes, que têm preocupações diferentes, como diminuir a sua pegada ecológica ou imergir nas culturas locais. Procuram também produtos turísticos diferentes, como o enoturismo, o turismo espiritual ou o turismo LGBT. Para dar resposta a estas novas solicitações, precisamos de profissionais disponíveis para esta procura, que sejam qualificados e que tenham um mix de competências”, defendeu Pedro Machado. “Este novo curso formativo responde a esta necessidade e vem, por outro lado, ao encontro de outro desafio, que é o da valorização das profissões associadas ao Turismo. É exigência do Turismo Centro de Portugal que se pague um valor justo a quem trabalha nesta área”, disse ainda Pedro Machado.

Curso de formação com 600 horas em quatro módulos

A duração total do percurso formativo em Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo (Centro de Portugal) é de 600 horas: 300 horas de Formação em Sala e 300 horas de Formação Prática em Contexto de Trabalho.

A Formação em Sala decorrerá em instalações identificadas pelos Centros de Emprego e Formação Profissional de Aveiro, Leiria, Viseu e Centro de Emprego da Covilhã. A formação decorre em regime laboral (8h00 às 20h00), a tempo parcial, com uma carga horária semanal máxima de 28 horas.

O plano de estudos é composto por quatro módulos, a saber: “O Turismo em Portugal” (25 horas), “Comunicação em Língua Estrangeira” (100 horas), “Atendimento e Serviço ao Cliente” (100 horas) e “Comunicação e Marketing Digital” (75 horas).

A Formação Prática em Contexto de Trabalho será assegurada através de parcerias que permitam e potenciem o reforço da capacitação dos formandos, mobilizando as entidades empregadoras neste projeto, que tem como fim último a empregabilidade dos formandos. Esta componente terá uma carga horária semanal máxima de 35 horas. As entidades que recebam os formandos em contexto laboral podem beneficiar posteriormente de programas de apoio ao emprego do IEFP, nomeadamente Estágios Profissionais e Contrato Emprego.

Sobre o Turismo Centro de Portugal:

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.