Instituto Português de Fotografia expõe trabalhos de finalistas de 2016 na Fábrica Braço de Prata

Depois do sucesso da exposição inaugurada há um mês, o Instituto Português de Fotografia volta a recorrer à Fábrica Braço de Prata (em Lisboa) para promover uma mostra de fotografias inéditas de mais oito finalistas do Curso Profissional de Fotografia 2016. Uma iniciativa que vai decorrer até ao próximo dia 9 de abril, com os trabalhos a refletirem um processo visual de reflexão, exploração e interação de espaços e da figura humana, onde se erguem fronteiras de contextualização social, cultural e económica.

Com quase meio século de atividade, o Instituto Português de Fotografia é reconhecido pela excelência do ensino na área da fotografia, mas também pelos programas que desenvolve em termos culturais, nomeadamente os muitos que têm como objetivo a promoção dos seus formandos. A “Exposição IPF – Alunos Finalistas do Curso Profissional 2016” é disso exemplo.

Mais oito finalistas do Curso Profissional de 2016 vêm os seus trabalhos finais de curso expostos na Fábrica Braço de Prata, em Lisboa. Desta vez, na Sala Michel Foucault estão as fotografias inéditas de Angélica Moutinho, Filipa Bernardo, Helena Amaral, José Carvalho, Luísa Neves, Margarida Góis, Margarida Macedo Basto e Rui Mourisca. A iniciativa decorre até ao próximo dia 9 de abril, nos seguintes horários: entre as 18h00 e as 2h00 (todas as quartas-feiras e quintas-feiras) e entre as 18h00 e as 4h00 (todas as sextas-feiras e sábados). A entrada é gratuita.

Observar, refletir, expressar e (quem sabe…) descodificar, para além do óbvio, cada um dos trabalhos pessoais e inéditos é o desafio que é lançado pelo Instituto Português de Fotografia. Uma oportunidade também para conhecer ou revisitar a Fábrica Braço de Prata, hoje despojada dos elementos fabris do passado, mas com uma dimensão histórica e patrimonial catalisadora de culturas e arte.

 

Sobre o Instituto Português de Fotografia

Com 49 anos de experiência na formação em fotografia, o Instituto Português de Fotografia (IPF) é a mais antiga e prestigiada instituição dedicada à área em Portugal. Quase meio século de ensino de excelência, mas também de promoção dos seus formandos. O IPF é a solução para quem aspira ser profissional da fotografia, ou o recurso para os muitos amantes da fotografia que desejam evoluir ou simplesmente potenciar o equipamento de que dispõe, seja uma câmera fotográfica ou um smartphone. Uma ampla oferta formativa, inclusivamente para os mais novos – há formações orientadas para crianças a partir dos seis anos de idade!

Com sede em Lisboa e instalações na cidade do Porto, o IPF é reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) como Organismo de Normalização Sectorial para a Fotografia em Portugal, tendo também assento como membro permanente na ISO, representando Portugal, no seu comité de fotografia. Na sua história também já organizou inúmeras ações de formação por todo o país – ilhas incluídas.