NUNO MATOS E FILIPE SERRA PROSSEGUEM EVOLUÇÃO DO OPEL MOKKA PROTO POR TERRAS DE ALCOUTIM

Encerrando a primeira metade do calendário do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, a Baja Terras de Alcoutim, a disputar no Algarve já no próximo fim de semana, é o próximo desafio de Nuno Matos e Filipe Serra. Após as excelentes indicações recolhidas no Rali TT Serras do Norte,na prova que constituiu o batismo competitivo do novo Opel Mokka Proto, dupla de Portalegre acredita que será possível estar na luta pelos primeiros lugares da Baja Terras de Alcoutim…

Três semanas volvidas após a estreia oficial do Opel Mokka Proto no Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno(CPTT), Nuno Matos e Filipe Serra preparam o regresso à competição para disputarem, já neste sábado e domingo,dias 22 e 23 de junho, a Baja Terras de Alcoutim, terceira etapa do calendário nacional da disciplina, numa organização do Clube Automóvel do Algarve. Numa prova que constituirá uma novidade para todo o pelotão, a dupla de Portalegre está determinada em dar a melhor sequência ao trabalho de desenvolvimento que tem vindo a realizar no novo carro, sobretudo após as preciosas indicações recolhidas no Rali TT Serras do Norte.
“É lógico que há ainda um longo caminho a percorrer, mas estou confiante que vamos estar mais competitivos no Algarve, até porque já conhecemos melhor o carro e corrigimos alguns pormenores que identificámos ao longo da última prova, sobretudo ao nível do sistema de travões”, explicou Nuno Matos à entrada para a jornada que marca o fim da primeira metade do calendário.
“Embora muito motivados, temos que ser pacientes e perceber que este é um projeto recente e ainda com um potencial enorme para explorar. Para já, sabemos que temos uma excelente base de trabalho e que estamos no bom caminho. Sem pressões, os resultados vão começar a surgir naturalmente”, vincou o piloto, que chegou a ser o mais rápido em pista durante o Rali TT Serras do Norte.
“É um bom indicador do potencial deste carro e que naturalmente nos deixa muito motivados para os desafios que se seguem… Contudo, o nosso principal objetivo continua a ser acumular o maior número possível de quilómetros e dar continuidade ao desenvolvimento do Opel Mokka Proto”, concluiu Nuno Matos.

Contando com a presença de automóveis, motos, quads e buggys, a Baja Terras de Alcoutim será disputada ao longo de dois dias, sempre com o Guadiana como pano de fundo. A competição inicia-se no sábado à tarde, com a realização da tradicional Super Especial, num aperitivo de 6,75 km a percorrer por duas vezes pelos concorrentes. Para domingo fica reservada a dupla passagem pelo Setor Seletivo, com cerca de 150 km, integralmente disputado no concelho de Alcoutim. A aldeia do Pereiro volta a acolher a partida e a chegada, assim como a zona de assistência entre as duas voltas.

 

PROGRAMA

Sábado, 22 de junho
08h00/11h30 – Verificações Documentais (Centro Náutico)
08h00/12h00 – Verificações Técnicas (Bombeiros de Alcoutim)
11h00/12h45 – Entrada das viaturas em Parque de Partida (Cais do Guadiana)
15h15 –Partida do Parque de Partida para a Super Especial
16h00 –Partida para a Super Especial (2×6,75 km)
19h30 – Conferência de Imprensa (Centro Náutico)
Domingo, 23 de junho
10h00 –Partida do Parque Fechado
11h00 –Partida para o Setor Seletivo (2×150 km)
18h00 – Cerimónia do Pódio e entrega de prémios (Cais do Guadiana)

Deixe uma resposta