Nova campanha AdegaMãe – Atlantic Wines. Há outras formas de provar o Atlântico!

  • AdegaMãe lança novo filme – produção Bro – que evoca o carácter único dos vinhos da Região de Lisboa.

 

Torres Vedras, 6 de Abril de 2017

 

As vinhas estão a apenas 7 quilómetros do mar. O clima é atlântico, fresco, sem as amplitudes térmicas típicas do interior. As nortadas predominantes chegam salinas, carregadas de iodo, e até as brisas de Verão trazem aquele cheiro a mar, tão característico das arribas a Norte de Lisboa. Depois, as videiras, essas plantas fantásticas que absorvem tudo o que o ambiente lhes dá, encarregam-se de levar esta influência marítima às uvas. Está explicado o fator que torna o Oeste verdadeiramente único, proporcionando vinhos frescos, sempre elegantes. E é a hipérbole disto mesmo – porque é possível engarrafar e provar o atlântico! – que inspira a mais recente campanha digital da AdegaMãe, sustentada num novo vídeo acabado de lançar nas redes sociais: o vídeo AdegaMãe – Atlantic Wines.

A produção AdegaMãe – Atlantic Wines (assinada pela Bro e já disponível online: https://youtu.be/BhtY5bx-COo) é literalmente um banho de inspiração atlântica, que se propõe a desconstruir um certo tradicionalismo muitas vezes associado à comunicação no sector do vinho. A proposta é original, irreverente, até de acordo com a modernidade do projecto AdegaMãe, inaugurado em 2011, mas cultivando igualmente a exigência e ousadia de uma casa já considerada Empresa do Ano no sector do vinho, alvo dos mais diversos prémios para os seus vinhos e frequentemente referida entre as adegas mais distintas do País, pela arquitetura e enoturismo de excelência.

“O lançamento deste vídeo é mais um passo importante dentro da nossa estratégia de comunicação, que implica uma aposta muito relevante no digital. E se a nossa região e os nossos vinhos são tão diferenciadores e únicos, tentámos que esta campanha fosse o espelho disso mesmo”, explica Bernardo Alves, diretor-geral da AdegaMãe. O Filme AdegaMãe – Atlantic Wines foi criado e produzido pela BRO, com a realização de Simão Cayatte, o mais recente vencedor da melhor curta metragem nos prémios Sophia. A direção de fotografia é de Tomás Paiva Raposo. O ator é Samuel Alves.

 

Sobre a AdegaMãe

A AdegaMãe nasce do investimento do Grupo Riberalves numa nova área de negócio e surge como uma homenagem da família Alves à sua matriarca, Manuela Alves. O conceito de “Mãe” é a inspiração para um espaço de nascimento, de criação, no qual se pretende potenciar as melhores uvas e fazer nascer os melhores vinhos. Localizada no Concelho de Torres e vocacionada para a produção de vinhos com características muito próprias, graças à proximidade do mar e influência do Clima Atlântico, a AdegaMãe é, igualmente, uma referência para o enoturismo da Região de Lisboa, destacando-se pela arquitetura exclusiva e por todas as atividades desenvolvidas em torno da vinha e do vinho. Sendo uma empresa do Grupo Riberalves, a marca Dory (inspirada nos Dóris, embarcações antigamente utilizadas pelos portugueses na pesca do bacalhau) representa a principal gama de vinhos comercializados. Depois da primeira vindima, realizada em 2010, a AdegaMãe tem vindo a colher reconhecimento no mercado nacional e internacional, para onde canaliza 60% da sua produção. Em 2016 a AdegaMãe foi eleita Empresa do Ano no Sector do vinho em Portugal, nos prémios atribuídos pela Revista de Vinhos. No mesmo ano, conquistou o Grande Prémio Escolha da Imprensa, com o vinho Dory Reserva Branco 2014. Em 2017 alcançou o Prémio Excelência (AdegaMãe Terroir 2013).