Ovar e Estarreja são as mais recentes estações náuticas certificadas no Centro de Portugal

• Centro de Portugal passa a dispor de oito estações náuticas certificadas, que asseguram as melhores condições aos visitantes.

Data: 13/11/2019

Ovar e Estarreja são as mais recentes Estações Náuticas certificadas no Centro de Portugal. As certificações foram recebidas durante o 1.º Encontro da Rede das Estações Náuticas de Portugal, que foi presidido pela Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. O Turismo Centro de Portugal esteve representado por Sílvia Ribau, Chefe de Núcleo de Marketing e Promoção Turística

As estações náuticas de Ovar e Estarreja juntam-se a outras seis que já estavam certificadas no Centro de Portugal: Aveiro, Castelo de Bode, Ílhavo, Murtosa, Oeste (esta em vários núcleos) e Vagos. A região passa assim a dispor de oito estações náuticas certificadas de forma oficial, integrando uma rede nacional e internacional de oferta turística náutica de qualidade.

O 1.º Encontro da Rede das Estações Náuticas de Portugal inseriu-se no Business2Sea/Fórum do Mar, evento que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. Estiveram presentes as 21 estações náuticas já certificadas em Portugal, além de outras sete que estão em processo de certificação – e que incluem candidaturas de Guarda e Sabugal – e de representantes de diversos territórios que estão a iniciar o processo de criação de estações náuticas.

As estações náuticas são organizadas com base na valorização dos recursos náuticos presentes em cada território, os quais incluem a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para a atração de visitantes. Ao estarem certificadas, asseguram aos visitantes a qualidade do produto turístico e dos serviços prestados, bem como apoio informativo e a reserva de alojamento e serviços.

Apesar de serem maioritariamente destinos de costa, também nos territórios do interior existem condições ideais para a certificação de Estações Náuticas, como é o caso da albufeira de Castelo do Bode.

O Turismo Centro de Portugal é uma das entidades que integram o Grupo Dinamizador do Portugal Náutico, constituído no seguimento dos resultados do projeto Portugal Náutico, desenvolvido pela Associação Empresarial de Portugal (AEP) e pela Fórum Oceano. A Fórum Oceano é, por sua vez, membro da Fedeton – Federação Europeia de Destinos Turísticos Náuticos, entidade gestora da rede internacional das estações náuticas.

Sobre o Turismo Centro de Portugal:

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.