Patinagem Artística no Gelo e Patinagem de Velocidade no Gelo passam a ser tuteladas pela Federação de Desportos de Inverno de Portugal.

As modalidades de Patinagem Artística no Gelo e Patinagem de Velocidade no Gelo passam a ser tuteladas pela Federação de Desportos de Inverno de Portugal. Segue-se agora um processo de reconhecimento por parte da ISU (International Skating Union), que permitirá que atletas portugueses participem em competições internacionais, em representação do país.

A FDI-Portugal tem já diversos atletas identificados, como é o caso de Ema Hinckley, atleta portuguesa a residir nos Estados Unidos da América ou de Diogo Marreiros, atleta do Algarve, Vice Campeão Mundial Sénior em 2018 e Vice Campeão Europeu em 2019 de patinagem de velocidade em rodas, que se encontra já a fazer adaptação ao gelo para obtenção de mínimos olímpicos para Pequim 2022.

Com a anexação da Patinagem Artística no Gelo e da Patinagem de Velocidade no Gelo, a FDI-Portugal dá assim continuidade à estratégia de desenvolvimento das modalidades de gelo em Portugal, que passará, num futuro próximo, pela construção de uma infraestrutura que permita a prática e treinos de Hóquei no Gelo, Curling e Patinagem no Gelo (Patinagem Artística e Patinagem de Velocidade).

A entrada destas duas modalidades resulta da alteração aos estatutos realizada na Assembleia Geral do passado dia 21 de dezembro de 2019, onde também foi aprovado, por unanimidade, o Plano de Atividades e Orçamento para 2020, bem como a entrada de seis novos clubes.