RallySpirit adiado

A precisamente um mês do arranque, o RallySpirit, prova incontornável no panorama dos Rally Legends internacionais vai ser, infelizmente, adiado. Uma decisão justificada pelo visível agravamento das condições de saúde pública do país, no contexto da pandemia COVID-19.

De forma ponderada e responsável, entenderam os responsáveis da X Racing (entidade organizadora e promotora da prova), em conjunto com as autarquias de Barcelos, Porto e Vila Nova de Gaia, fortemente empenhadas no projeto, não estarem reunidas as condições mínimas de segurança em matéria de saúde pública para a realização do evento. Para além da atual
conjuntura, acresce principalmente o espetro de um possível agravamento do quadro evolutivo da situação, que, a concretizar-se, obrigaria, à última da hora, ao definitivo anulamento da prova, prejudicando, inclusive, a sua viabilidade futura.

E se é certo que este era um cenário indesejado por equipas, patrocinadores, parceiros, organizador e, sobretudo, pelos muitos fãs que o evento já granjeou, também é da mais clara justiça referir que a possibilidade de adiamento ou anulação ficou, desde sempre, “em cima da mesa”, na eventualidade de uma evolução negativa da situação assim o obrigar, quando, há cerca de três meses, o RallySpirit 2020 foi dado a conhecer.

Mas este não é um “adeus” do RallySpirit, mas sim um “até já”! Assim que as condições o permitam, a prova, que este ano passou a integrar o “Slowly Sideways Europe” (competição que reúne alguns dos melhores Rally Legends mundiais), voltará, certamente, ainda mais forte e
emocionante, confirmando as expetativas de que a sua sexta edição tem tudo para ser uma das melhores de sempre.

Inicialmente agendada para 22/24 de outubro deste ano, o evento deverá agora, então, realizarse durante o primeiro semestre de 2021, mais precisamente entre o final do primeiro trimestre e início do segundo, numa decisão sempre dependente da conjuntura da pandemia.

Pedro Ortigão, um dos responsáveis da X Racing, sublinha: “É com profunda tristeza que somos forçados a adiar a 6ª edição do RallySpirit. Contudo, numa atitude responsável e face ao panorama dos últimos dias e em conformidade com o compromisso desde sempre assumido com todos os intervenientes, esta é a única decisão prudente que podíamos tomar. Mais do que uma prova de componente marcadamente desportiva, o RallySpirit é um evento de envolvência emocional e, infelizmente, essa característica tão peculiar e apreciada, jogou, no atual contexto, contra a prova. O facto de mobilizar milhares de espectadores e promover a sua entusiástica concentração à volta de carros verdadeiramente emblemáticos, aos quais o apelo de proximidade é difícil de resistir, colocaria em perigo a segurança da saúde pública, que tem que assumir sempre estatuto prioritário.”

“Para nós, organizadores, este adiamento é um golpe muito duro. A grande imprevisibilidade que existe atualmente é o nosso principal inimigo e traz-nos enormes dificuldades na organização de um evento desta natureza”.

Contudo, com o adiamento do evento para 2021, Pedro Ortigão também faz questão de referir que “fica aberta a porta das emoções para a realização do RallySpirit – caso a situação de saúde pública evolua no sentido positivo – no primeiro semestre de 2021, naquilo que gostaríamos que fosse interpretado como um claro sinal de agradecimento ao apoio de equipas, pilotos e espectadores, que continuam a acreditar e a incentivar o sucesso do RallySpirit”.

É caso para dizer… até já RallySpirit!