Sortelha inaugura Ciclo “12 em Rede 2019” com festa inspirada na Lenda do Beijo sem Fim

Turismo Comments (0)

Sortelha inaugura Ciclo “12 em Rede 2019” com festa inspirada na Lenda do Beijo sem Fim

  • A festa está de regresso às Aldeias Históricas de Portugal! É já no final do mês que acontece o primeiro evento do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa 2019”, na Aldeia Histórica de Sortelha.
  • De 28 a 30 de junho, a Lenda do Beijo sem Fim, uma das mais míticas estórias desta aldeia, vai servir de mote para três dias repletos de experiências únicas.

Data: 21/06/19
Conta a lenda que, no tempo em que Portugal lutava pela reconquista das Beiras aos mouros, a filha do alcaide de Sortelha ter-se-á apaixonado pelo príncipe mouro. Trocaram mensagens e presentes, até que um dia combinaram encontrar-se. Mas a mãe da donzela, sempre vigilante, decidiu segui-la. Praticante de bruxarias, assim que os dois se beijaram, amaldiçoou-os, transformando-os em pedra. Surgiram, assim, os curiosos penedos de Sortelha, que até hoje são conhecidos como as Pedras do Beijo Eterno.

É esta romântica lenda que inspira o primeiro evento do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa 2019”, que regressa no final do mês às Aldeias Históricas de Portugal. De 28 a 30 de junho, Sortelha recebe a festa “Beijo sem Fim”, com um programa repleto de música, gastronomia, animação de rua e visitas guiadas. Com entrada gratuita, a festa “Beijo sem Fim” é uma oportunidade única para descobrir esta belíssima Aldeia Histórica, assim como as suas gentes, que também participarão nos vários momentos do evento.

Quem visitar a Aldeia Histórica de Sortelha por estes dias é convidado a experimentar, por exemplo, antigas vivências do quotidiano dos habitantes da aldeia, como a recriação da ceifa e da malha com o Ti Hermenegildo, o Ti Raul Clara, o Ti Manel Reis, a Ti Celeste, a Ti’Alice, a Ti Capitolina; ou aprender a fazer molídias para transportar cestos no topo da cabeça, como antigamente, com a Ti Hortênsia.

Partindo da temática do romantismo, serão exploradas e partilhadas diversas abordagens artísticas à Lenda do Beijo sem Fim: Histórias de papel (teatro itinerante em miniatura), exploração plástica (atelier de pedras amorosas e atelier de origami) e visitas guiadas encenadas com participação da comunidade, numa partilha de saberes com uma companhia artística.

Haverá tempo, também, para os típicos jogos tradicionais, que prometem animar miúdos e graúdos.

Pela noite dentro, rompendo o silêncio das muralhas, ouvir-se-á música escolhida a preceito, evocando sonoridades tradicionais.

O regresso às raízes está também garantido na abordagem à gastronomia identitária, numa reinterpretação contemporânea e com o conceito de sustentabilidade como premissa.

Assim como nas edições anteriores, a experiência da merenda nos recantos de Sortelha volta a ser uma aposta da programação. Dela resultam os melhores quadros fotográficos, momentos de partilha genuínos, enquanto contribuímos para a venda dos produtos da terra.

Os ateliês, experiências orientadas e piquenique estão sujeitos a inscrição prévia obrigatória através do telefone: 271 750 080 (Museu do Sabugal) ou email: eventos.sabugal@cm-sabugal.pt. Limitadas ao número de vagas existentes.

Para as visitas guiadas encenadas pelas ruas da aldeia, procuram-se participantes (todas as idades e ambos os sexos) para integrar a teatralização da Lenda do Beijo sem Fim, devendo os interessados obter informações adicionais através do telefone: 271 750 080 (Museu do Sabugal) ou email: eventos.sabugal@cm-sabugal.pt.

Este evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município do Sabugal, Junta de Freguesia de Sortelha, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Participe nesta grande festa e viva grandes emoções na Aldeia Histórica de Sortelha!

A festa só acaba em dezembro!
O ciclo “12 em rede | Aldeias em Festa 2019” só termina em dezembro! Depois de Sortelha, a festa segue para Piódão, de 6 a 7 de julho; Linhares da Beira, nos dias 12 a 14 de julho; Marialva, de 19 a 21 de julho; Castelo Novo, de 26 a 28 de julho; Castelo Rodrigo, de 6 a 8 de setembro; Castelo Mendo, nos dias 27 e 28 de setembro; Trancoso, de 11 a 13 de outubro; Idanha-a-Velha, de 1 a 3 de novembro; Monsanto, de 8 a 10 de novembro; Almeida, nos dias 29 e 30 de novembro; e Belmonte, de 27 a 30 de dezembro.

Sobre a Rede das Aldeias Históricas de Portugal
Perdidas entre montes e vales da verdejante paisagem do interior de Portugal, repletas de lendas e castelos, sabores e tradições, há 12 singelas aldeias onde apetece perdermo-nos, para nunca mais nos encontrarmos. Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso: as Aldeias Históricas de Portugal, um destino que são 12, são paraísos escondidos que nos levam numa viagem ao tempo de reis e rainhas, épicas e infinitas batalhas que escreveram a História como a conhecemos hoje. Viajar até às Aldeias Históricas de Portugal é, assim, descobrir a História de um país de temerários conquistadores, através das pedras das suas calçadas e das suas frondosas muralhas e castelos, orgulhosa e imponentemente erguidos. É, ainda, a garantia de momentos inesquecíveis de lazer, aventura e descoberta, temperados com os inigualáveis aromas e sabores da região, que compõem a sua típica gastronomia. No território das Aldeias Históricas de Portugal há um sem fim de trilhos para caminhadas e percursos de bicicleta e BTT – como a Grande Rota 22 (GR), a maior rota de Walking & Cycling em Portugal, com cerca de 600 km.

As Aldeias Históricas de Portugal são o primeiro destino em rede – à escala mundial –, e o primeiro destino nacional a receber a certificação BIOSPHERE DESTINATION.

Pin It

» Turismo » Sortelha inaugura Ciclo “12 em...
On 21 Junho, 2019
By

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

« »