Triatlo leva a Quarteira 5000 pessoas e receita estimada de 2,5 milhões de euros

Taça da Europa de Quarteira e Taça de Portugal originam benefícios extra desportivos

 

  • Presidente da Federação de Triatlo de Portugal estima em 2,5 milhões de euros receitas directas do 15º Triatlo Professor Carlos Gravata, que inclui Taça da Europa e Taça de Portugal
  • Olímpica brasileira Pamella Oliveira promete que vai “brigar” pelo pódio

O presidente da Federação de Triatlo de Portugal (FTP), Fernando Feijão, estimou em 2,5 milhões de euros a receita directa para Quarteira proveniente da organização do 15º Triatlo Professor Carlos Gravata, que inclui a Taça da Europa de Quarteira e a segunda etapa da Taça de Portugal.

“Temos, entre atletas, staff técnico e familiares dos participantes, cerca de 5000 pessoas em Quarteira para treinar e competir na Taça da Europa e Taça de Portugal. Se se fizer uma média de 500 euros por pessoa, chegamos uma receita que pode chegar aos 2,5 milhões de euros para a economia local”, afirmou o dirigente federativo em resposta a uma questão colocada durante a conferência de imprensa de lançamento da prova, hoje, no Hotel Dom José, em Quarteira.

A Conferência de imprensa contou com a presença do vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, Hugo Nunes, do presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, dos atletas da Selecção Nacional Andreia Ferrum e Filipe Azevedo, e dos internacionais Lukas Pertl, da Áustria e Pamella Oliveira, do Brasil.

O vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé congratulou-se com a parceria frutuosa entre a autarquia e a Federação de Triatlo de Portugal, que se traduz em benefícios “facilmente perceptíveis” para a economia local:

“Infelizmente, não temos dispositivos que permitam aferir de forma mais ‘afinada’ a ocupação hoteleira e a receita de restauração que temos nesta altura do ano em Quarteira, fruto do período pascal que é prolongado por esta prova. Mas percebemos através da observação do dia-a-dia, que os hóteis estão cheios, os restaurantes estão lotados, pelo que podemos afirmar sem sombra de dúvida que ocupação hoteleira está perto dos cem por cento.”

Uma tese apoiada pelo presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, que elogiou eventos como este Triatlo Professor Carlos Gravata pelo “combate ao problema da sazonalidade” com que se debate o Algarve, e Quarteira em particular.

Relativamente aos atletas internacionais representados na mesa da conferência de imprensa — e que o vice-presidente da Câmara de Loulé fez questão de convidar para estagiar em Quarteira num futuro próximo e usufruir das “magníficas condições de treino de existentes no concelho”, de referir que Lukas Pertl é o nono atleta mais cotado da competição masculina da Taça da Europa de Quarteira e Pamella é a segunda atleta mais cotada da competição feminina. Atleta que marcou presença nos Jogos Olímpicos de Londres e que vive em Portugal há 5 anos.

Acrescente-se que a atleta, que partirá amanhã com o número um da prova feminina, é a irlandesa Aileen Reed, actual número 9 mundial e que, tal como Pamella Oliveira, já tem lugar assegurado na start list dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

A Selecção Nacional, composta por 37 atletas (elite e juniores) foi representada por Andreia Ferrum e por Filipe Azevedo.

Andreia Ferrum, do Rio Maior Triatlo, manifestou entusiasmo com a prova de amanhã embora assumindo que, enfrenta competição mais severa que em anos anteriores, pela qualidade da start list:

“Em anos anteriores tive alguns problemas na preparação por causa de lesões mas este ano sinto-me bem preparada e com força para melhorar a minha prestação aqui. Mas sei que vai ser muito complicado porque este ano a concorrência tem ainda mais qualidade do que noutras edições em que participei.”

Filipe Azevedo, que tem um 11º lugar como melhor resultado na Taça da Europa de Quarteira, elogiou o nível da prova deste ano:

“Vou fazer tudo para tentar melhorar esse resultado, mas o nível está altíssimo e não será fácil. Gosto muito de treinar e competir aqui porque não é fácil encontrar uma região com tão boas condições para o nosso desporto. Só posso dizer que vou fazer tudo para ajudar a Selecção a fazer um bom resultado.” 

O austríaco Lukas Pertl compete pela segunda vez no Triatlo de Quarteira e ambiciona uma classificação que corresponda ao seu dorsal, o número 9:

“Tenciono conseguir um lugar no ‘top 10’ desta prova e qualificar-me para o Europeu de Lisboa [26 a 29 de Maio]. Sinto-me muito bem preparado depois do estágio que fiz com a Selecção austríaca na África do Sul.”

Pamella Oliveira, atleta brasileira treinada pelo português Sérgio Santos, reside no nosso país há 5 anos, mas faz a sua estreia em Quarteira esta edição.

“Normalmente, nesta altura do ano estou na Austrália a competir nas Taças do Mundo e etapas da WTS [Campeonato do Mundo] mas este ano, como já estou matematicamente qualificada para os Jogos Olímpicos pude escolher as provas e decidi vir a Quarteira. Já conhecia porque treinei aqui algumas vezes e gosto muito, sobretudo deste calor, pois sou brasileira… [risos]. 

Quanto às suas ambições na prova, a olímpica brasileira não quer deixar os créditos por mãos alheias:

“Sou a segunda atleta com melhor ‘ranking’ aqui e uma das três olímpicas presentes pelo que não vou deixar de brigar por um lugar entre as primeiras.”

 

PROGRAMA

Sábado

Prova de Elite feminina: 13h45

Prova de Elite masculina: 16h30

(Distâncias olímpicas standard – 1500 m natação; 40 km ciclismo; 10 km corrida)

 

Domingo

Prova de Juniores femininos: 08h45

Prova de Juniores masculinos: 10h00

(Distância sprint – 750 m natação; 20 km ciclismo; 5 km corrida)