Uma viagem no tempo na Aldeia Histórica de Almeida com o Ciclo “12 em Rede”

No próximo dia 17 de julho é a vez da Aldeia Histórica de Almeida receber o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”, promovido pela Aldeias Históricas de Portugal – Associação de Desenvolvimento Turístico. Sob o tema “Roda dos Expostos”, o evento levará visitantes e habitantes de Almeida numa inesquecível viagem no tempo, pela História, cultura, costumes e tradições da Aldeia Histórica. O dia terminará em grande, com concerto de Paulo de Carvalho e Victor de Zamora, pianista cubano.

Instituída, em Almeida, no ano de 1843, a roda dos expostos (ou dos “enjeitados”) consistia num mecanismo utilizado para abandonar (na linguagem da época, expor ou “enjeitar”) recém-nascidos, que ficavam ao cuidado das instituições de caridade. O mecanismo, em forma de tambor ou portinhola giratória, embutido numa parede, era construído de tal forma que, quem deixava a criança, não era visto por aquele que a recebia. Este modelo existiu por toda a Europa, a partir do século XVI.

A partir do tema e a época em que se contextualiza, o evento do Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” na Aldeia Histórica de Almeida, do próximo dia 17 de julho, promove visitas guiadas encenadas e comentadas, mas também momentos musicais e gastronómicos alusivos à altura, oferecendo, assim, a visitantes e habitantes de Almeida uma autêntica viagem no tempo.

O dia começará de forma muito doce, junto ao Turismo Municipal, com a doçaria e os saberes antigos em grande destaque, a partir das 10h00. Segue uma visita guiada e comentada por Augusto Moutinho Borges, historiador e professor universitário, com encenação e performance da equipa artística da Cooperativa Artística da Raia Beirã (CARB), dedicada ao mecanismo da “roda dos expostos”, no século XVI, em Almeida.

O evento incluirá, também, uma apresentação de doçaria conventual, uma visita guiada dedicada ao culto da fé na Aldeia Histórica de Almeida, um showcooking com o chef Álvaro Costa e Olga Cavaleiro (cujo trabalho de investigação deu origem ao Projeto Receitas que Contam Histórias) e terminará com um concerto de Paulo de Carvalho e Victor Zamora, pianista cubano.

Devido à pandemia, a participação no evento será limitada e sujeita a inscrição prévia – mas a festa poderá ser sentida e vivida em todo o mundo, via streamingno Facebook das Aldeias Históricas de Portugal.

A inscrição, que é gratuita, pode ser feita para a totalidade das atividades ou apenas para um momento específico, como um concerto ou uma visita guiada – sendo que o limite de participantes dependerá do espaço e da tipologia de cada atividade. Para se inscrever para o programa do evento da Aldeia Histórica de Almeida é necessário contactar o Posto de Turismo de Almeida, através do número 271 149 451 ou o e-mail turismo.almeida@cm-almeida.pt ou as Aldeias Históricas de Portugal, junto do número 275 913 395 ou do e-mail inovacao@aldeiashistoricasdeportugal.com

Este evento é promovido pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Almeida, Associações e Agentes económicos locais. Uma iniciativa apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Participe no evento e viva grandes emoções na Aldeia Histórica de Almeida!

Programa do evento e limite de participantes

A partir das 10h00 – Acolhimento aos visitantes
10h30 – Visita Guiada: “Os Enjeitados da Fortuna Eispostos na Roda do Tempo”
30 pax máx
15h00 – Apresentação Doçaria Conventual
(limitado à lotação do espaço)
16h30 – Visita Guiada: “Itinerários da fé… Três Igrejas, Uma História”
30 pax máx
19h30 – Showcooking: Chef Álvaro Costa com Olga Cavaleiro
60 pax máx
22h00 – Concerto Paulo de Carvalho convida Victor Zamora (LiveStreaming)
100 pax máx

A festa só acaba em novembro!
O Ciclo “12 em rede – Aldeias em Festa” 2021 só termina em novembro! Depois de Almeida, a festa segue para Linhares, a 31 de julho; Castelo Rodrigo, a 28 de agosto; Marialva, a 11 de setembro; Piódão, a 25 de setembro; Idanha-a-Velha, a 30 de outubro; e Monsanto, a 6 de novembro.