MIGUEL FAÍSCA (NISSAN 370Z) LIDERA A CATEGORIA NAS 24 HORAS DO DUBAI!

Que estreia notável… Cumprido que está pouco mais do primeiro terço das 24 Horas do Dubai (a partida foi dada às 10h00 de Portugal), Miguel Faísca é um dos grandes protagonistas da corrida. O português foi o quinto e último da formação Nissan GT Academy Team RJN 1 a entrar em pista, mas apesar da responsabilidade de cumprir o primeiro turno nocturno, esteve simplesmente irrepreensível, cometendo a proeza de reforçar a liderança da categoria que a equipa tinha conquistado cerca das duas horas de corrida. Um feito tanto mais de assinalar, tendo em conta que esta é a sua estreia internacional e ainda há seis meses limitava-se a participar em corridas virtuais na PlayStation®.

Instantes depois de cumprir o seu turno de condução, Miguel Faísca não conseguiu disfarçar as emoções vividas: “Foi espectacular! Estive quase duas horas em pista e correu tudo lindamente. Não cometi qualquer erro e o Nissan 370Z parecia um relógio suíço a trabalhar. Os meus colegas de equipa fizeram um excelente trabalho e, quando chegou a minha vez, tive a sorte de conseguir impor um bom ritmo e de beneficiar dos azares de alguns dos mais directos adversários da categoria. Quando terminei o meu turno, tínhamos sete voltas de vantagem sobre o 2º classificado, mas temos a consciência que a corrida só agora é que `começou´. Teoricamente, o mais difícil está para vir e numa prova desta dimensão e com mais de 70 pilotos em pista, com andamentos e automóveis tão díspares, é fácil acontecer um erro, ou sermos vítimas da desconcentração de um adversário ou de um problema mecânico”.

Mas como admite Miguel Faísca, “a verdade é que a forma como a prova está a decorrer está a superar as expectativas mais optimistas”. Um dos segredos para a supremacia que está a ser exercida está relacionada com a estratégia da equipa. Ao contrário dos nossos adversários, só estamos a mudar de pneus depois de dois turnos de condução. Com isso estamos a perder menos tempo nas boxes. É verdade que quando um dos pilotos herda os pneus do colega – como foi o meu caso – temos de ter cuidados redobrados e abstrairmo-nos de fazer tempos ao nível dos efectuados nos treinos, mas a consistência acaba por traduzir-se em resultados. A vantagem que temos para os adversários directos prova-o”.

Até ao final, o jovem piloto nacional de 24 anos admite que “o grande objectivo vai ser não cometer erros e procurar evitar os imponderáveis em que são férteis as corridas de 24 horas. Vamos continuar a rodar sem preocupações de resultados e, se tudo correr bem, quem sabe se pelo menos não podemos subir ao pódio”.

Com pouco mais de oito horas de corrida, o Nissan 370Z de Miguel Faísca ocupa a liderança da categoria, com 17 voltas de avanço para os segundos classificados. As 24 Horas do Dubai terminam às 10h00 de amanhã (sábado). O canal Motors TV está a fazer uma ampla cobertura da corrida, com vários directos, mas a prova também pode ser acompanhada em livestream através do seguinte link: http://live.24hseries.com/

O português Miguel Faísca reparte os comandos do Nissan 370Z com o espanhol Lucas Ordoñez (o vencedor da edição de estreia do GT Academy), mas também o alemão Florian Strauss, o americano Nickolas McMillen e o russo Stanislav Aksenov (os pilotos que, em 2013, venceram o GT Academy reservado aos seus territórios). Mais de 70 equipas estão a participar nas 24 Horas do Dubai, uma das mais importantes e prestigiadas provas de GT que se realizam em todo o mundo.

###

Sobre a Nissan na Europa 

A Nissan tem uma das presenças mais abrangentes na Europa entre todos os fabricantes de raiz não europeia, empregando mais de 14.500 pessoas distribuídas pelas operações locais de desenho, pesquisa e desenvolvimento, fabrico, logística, vendas e marketing. No ano passado, as instalações da Nissan no Reino Unido, Espanha e Rússia produziram 695 mil veículos incluindo automóveis compactos, crossovers premiados, SUV’s e veículos comerciais. A Nissan disponibiliza actualmente aos seus clientes na Europa 24 gamas de produtos diversos e inovadores e está posicionada para se tornar na marca asiática número um neste continente.

Sobre a Nissan em Portugal

Com 19 concessionários em todo o território nacional, a Nissan propõe uma linha completa de produtos, que inclui veículos de passageiros, crossovers, 4X4’s e pickup’s e automóveis de alta performance, para além de veículos comerciais ligeiros e pesados. Disponibiliza ainda um alargado conjunto de serviços de apoio aos seus Clientes, Parceiros e Concessionários.

A Nissan vendeu em Portugal, no seu ano fiscal de 2012 (1 de Abril de 2012 a 31 de Março de 2013), um total de 4.323 veículos ligeiros, a que corresponde uma quota de mercado recorde de 3.9%. Nesse período, a Nissan reafirmou a sua liderança no segmento Crossover em Portugal, com o Qashqai e o Juke a ocuparem as duas primeiras posições do segmento, conquistando 65% do mercado crossover.

Sobre a GT Academy

A GT Academy é uma colaboração entre a PlayStation® e a Nissan que usa o mundo virtual do jogo Gran Turismo® para descobrir talentos de corridas no mundo real. A quinta edição do programa (a nível europeu) ficou marcada pela vitória do português Miguel Faísca, um lisboeta de 24 anos que, agora, é piloto oficial da Nissan em competições internacionais, seguindo as pisadas dos anteriores vencedores da GT Academy: em 2013, Lucas Ordoñez (Espanha, vencedor em 2008) e Jann Mardenborough (Reino Unido, vencedor em 2011) competiram nas 24 Horas de Le Mans pela equipa Greaves Motorsport Zytek- Nissan LMP2. Os vencedores de 2012, Mark Schulzhitskiy (Rússia), Wolfgang Reip (Europa), Steve Doherty (EUA) e Peter Pyzera (Alemanha) estão a competir na Blancpain Endurance Series pela equipa Nissan GT Academy RJN.

Deixe uma resposta