Vera Marmelo partilha experiências no Instituto Português de Fotografia

 

  • Fotógrafa do Barreiro, especializada em captar a essência dos espetáculos musicais e dos seus protagonistas, vai falar sobre o seu trabalho nas instalações de Lisboa do IPF – Instituto Português de Fotografia.
  • Mais uma iniciativa no âmbito do 50º aniversário da instituição.

 

A fotógrafa Vera Marmelo é a protagonista da primeira edição do “À Conversa Com…”, ciclo de palestras no IPF – Instituto Português de Fotografia, em que fotógrafos exteriores ao Instituto são convidados a partilhar as suas vivências e experiências profissionais. A iniciativa vai ter lugar já esta quarta-feira, dia 4 de abril, pelas 18h00, nas instalações de Lisboa do IPF, situadas na Rua Ilha Terceira, 31. A entrada é livre.

O ciclo “À Conversa Com…” é um abrir de portas aos fotógrafos portugueses, desafiados a partilhar os seus portefólios, histórias e saberes de quem afirma a sua identidade fotográfica no panorama nacional. O objetivo é que constitua um ponto de encontro entre a comunidade escolar, o público em geral e os fotógrafos, num diálogo permanente que alimente o prazer das imagens.

Vera Marmelo nasceu em 1984, no Barreiro, e fotografa músicos desde 2004. Autodidata no que respeita à fotografia, é motivada desde o início pelas amizades com os músicos da sua cidade natal. Foi no Barreiro que começou a frequentar e a fotografar festivais, nomeadamente o Out.fest e o Barreiro Rocks.

Aquilo que começou a ser uma aventura passou a torná-la conhecida, tanto nos meios especializados como entre o público dos concertos. Os concertos, salas, festivais e ocasiões mais ou menos especiais foram-se multiplicando e o seu arquivo pessoal cresceu e procurou plataformas onde pudesse ser apreciado. Desde 2006 que alimenta de forma muito regular o blogue http://v-miopia.blogspot.pt. Em 2013 e 2014, editou dois livros de autor – o primeiro de retratos em nome próprio e o segundo a duas mãos, a propósito do 20.º aniversário da Galeria Zé dos Bois.

Os 10 anos de experiência online de Vera Marmelo serviram de mote para o lançamento de um novo site, em www.veramarmelo.pt, e à revisão do seu trabalho em publicações de autor, em formato póster.

Criado em 1968, o IPF – Instituto Português de Fotografia é a mais antiga instituição dedicada à área em Portugal, orgulhando-se de ter formado alguns dos mais prestigiados e galardoados fotógrafos nacionais. O ciclo “À Conversa Com…” é uma de várias iniciativas que estão a ser desenvolvidas para comemorar o cinquentenário da instituição.

 

Para mais informações:

https://www.ipf.pt/site/conversa-vera-marmelo

https://www.facebook.com/events/570108103388286

 

Sobre o Instituto Português de Fotografia

 Com 50 anos de experiência na formação em fotografia, o Instituto Português de Fotografia (IPF) é a mais antiga e prestigiada instituição dedicada à área em Portugal. Neste meio século de ensino de excelência, dedicou-se ainda à promoção dos seus formandos. O IPF é a solução para quem aspira ser profissional da fotografia ou o recurso para os muitos amantes da fotografia que desejamevoluir ou simplesmente potenciar o equipamento de que dispõem, seja uma câmara fotográfica ou um smartphone. Dispõe de uma ampla oferta formativa, inclusivamente para os mais novos – há formações orientadas para crianças a partir dos seis anos de idade.

Com sede em Lisboa e instalações na cidade do Porto, o IPF é reconhecido pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ) como Organismo de Normalização Sectorial para a Fotografia em Portugal e como instituição de formação tem o reconhecimento da DGERT (Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho), sendo ainda membro permanente na ISO, representando Portugal no seu comité de fotografia. Ao longo do seu percurso, organizou inúmeras ações de formação por todo o país, não excluindo a ilhas. As formações IPF estão abertas a pessoas de todas as nacionalidades, tendo recebido já formandos da China, Japão, Rússia, Finlândia, Noruega, Itália, Inglaterra, Holanda, França, Suíça, Espanha, Angola, Moçambique, Colômbia, México, Brasil, Canadá e EUA.

Deixe uma resposta